Facebook Pixel Fallback

Madre Clélia e a esperança

Mês de novembro reflete a plena confiança nos propósitos de Deus




A Universidade do Sagrado Coração (USC) convida, neste mês de novembro, para a reflexão sobre a esperança, dentro dos ensinamentos de Madre Clélia Merloni, fundadora do Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus (IASCJ), mantenedor da USC. A fundadora está em processo de beatificação pela Congregação para a Causa dos Santos (Vaticano), no qual já passou pelas etapas previstas (a pessoa deve ter “fama de santidade” e ter vivido as virtudes de “forma heroica”) e agora aguarda a comprovação de um milagre, que deverá ser analisado pelos Cardeais e tendo parecer final do Papa Francisco.

O tema esperança está ligado aos outros dois já refletidos nos meses anteriores (fé e caridade), denotando a força de Madre Clélia como uma mulher que confiava plenamente no Sagrado Coração de Jesus e agia de acordo com a vontade de Deus para conseguir atingir seus objetivos. “Madre Clélia sempre teve a esperança em Deus e nos Seus propósitos, sabendo que tudo ao seu tempo se cumpriria”, diz a Prof.ª M.ª Irmã Jucélia Melo, Pró-Reitora de Extensão e Ação Comunitária.

Dentro das reflexões acerca dos ensinamentos de Madre Clélia, nesta quarta-feira (22), às 18h, será celebrada uma Missa em ação de graças pelos 87 anos da entrada da madre no céu.

Catequese

As reflexões levam o nome de catequese e propõem, a cada mês, uma temática diferente para se trabalhar, começando com a Fé e, na sequência, Caridade, Esperança, Humildade, Eucaristia, Zelo Apostólico, Oração, Reparação, Papel de Maria na Vida de Madre Clélia e o Mistério da Cruz. “As catequeses têm como objetivo perceber como Madre Clélia viveu cada uma dessas virtudes. Foram várias as testemunhas que a conheceram e elas atestam a fé singular em sua vida, sobretudo nos momentos de escuridão e grandes provações. Madre Clélia, podemos dizer como São Paulo, acreditou contra toda esperança”, ressalta a Prof.ª M.ª Irmã Jucélia Melo, Pró-Reitora de Extensão e Ação Comunitária.

Quem foi Madre Clélia?

Clélia Merloni nasceu em Forli, na Itália, em 10 de março de 1861. Desde pequena foi educada na fé e procurou viver os valores cristãos, procurando em tudo fazer a vontade de Deus.

Em 1894, fundou o Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, em Viareggio (IT), enviando as primeiras Apóstolas ao Brasil em 1900, as quais assumiram a missão junto aos imigrantes italianos tanto em São Paulo (SP), quanto no Paraná, em Santa Felicidade. 

Hoje as Apóstolas são mais de mil e estão presentes em 16 países, onde procuram levar o amor de Cristo aos irmãos por meio da educação, da saúde, da promoção humana e das missões.

Madre Clélia Morreu em Roma, em 1930 e seu corpo se encontra na tumba na Capela da Casa Geral, em Roma


Link deste artigo: https://unisagrado.edu.br/site/conteudo/6688-madre-clelia-e-a-esperanca.html
Tags: USC,Madre Clélia, Esperança


Receba nossas notícias
UNISAGRADO

(14) 2107-7000

© 2020 | UNISAGRADO. Todos os direitos reservados.

Site Seguro