Facebook Pixel Fallback

Egresso do UNISAGRADO é o primeiro indígena da região a conquistar uma vaga para Doutorado

Tiago de Oliveira também foi o primeiro de sua aldeia a concluir um programa de mestrado



Tiago de Oliveira, egresso do curso de Pedagogia por meio do Projeto Identidade Araribá do UNISAGRADO, é o primeiro indígena da cidade de Avaí e da região a ser aprovado em um programa de Doutorado da Universidade de São Paulo (USP). Tiago, que é de etnia Guarani Nhandewa também foi o primeiro de sua aldeia, a Tereguá, a defender uma dissertação de Mestrado, também na USP - concluindo esta etapa em setembro deste ano.

Ele conta que a seleção para o doutorado ocorreu através do edital indígena, que é dividido em quatro etapas: inscrição, envio de documentos, análise bibliográfica e arguição do projeto. O curso escolhido por Tiago é o de Antropologia Social, do Programa de Pós-graduação em Antropologia Social da USP. O processo seletivo foi realizado de forma remota, devido à pandemia. 

Dentre as várias motivações do egresso para seguir a carreira acadêmica, está a de contribuir para a construção do conhecimento científico através da percepção indígena Tupi Guarani Nhandewa.

Para ele, a sensação de chegar nesse patamar acadêmico sendo um indígena, é algo muito especial. “Ainda mais que nem todos conseguem acessar o Ensino Superior devido as barreiras e desafios de estar em um ambiente novo que exige uma adaptação diferente do mundo indígena. Então, gostaria de dizer que apesar dos desafios que existem pelo caminho, tudo é possível, mesmo com as dificuldades encontraremos soluções para superá-las. Só basta querer e se esforçar para isso”, ressalta.

Sobre o projeto de Mestrado

Tiago, que cursou Pós-Graduação em Antropologia Social na USP, defendeu o projeto de mestrado, intitulado "Perspectiva Guarani Nhandewa sobre Formação Intercultural de Professores Indígenas: ancestralidade, espiritualidade, cosmologias e línguas indígenas", em setembro deste ano. Ele conta que o projeto é voltado para a Antropologia da Educação Escolar indígena com foco na Licenciatura Intercultural de professores indígenas a partir da perspectiva Guarani Nhandewa.  

Para o egresso, a sensação de ser o primeiro da sua comunidade em Avaí, a defender um mestrado é de muita alegria, satisfação e dever cumprido, por alcançar um título a este nível.

Esta conquista reflete também para toda a comunidade indígena. Tiago conta que, hoje, muitas pessoas de sua aldeia se mostram interessadas a trilhar o mesmo caminho, e perguntam a ele como devem fazer para ingressar no curso. “Primeiro é importante mostrar que o indígena tem as mesmas condições de avançar nos estudos como qualquer pessoa. Em segundo lugar é a importância da formação para os indígenas serem protagonistas de suas próprias histórias, elevando sua cultura e seus conhecimentos perante a sociedade envolvente”, finaliza.


Link deste artigo: https://unisagrado.edu.br/site/conteudo/12363-egresso-do-unisagrado-e-o-primeiro-indigena-.html
Tags: UNISAGRADO, Egresso, Indígena, Doutorado


Madre Clélia
Cebas

O UNISAGRADO, pertencente ao Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus (IASCJ), é certificado como Entidade Beneficente de Assistência Social na área da educação.

© 2022 | UNISAGRADO. Todos os direitos reservados.

Site Seguro