7º Encontro de Pesquisa em História:
(Re)pensar o lugar do historiador




O evento

O tema do 7º Encontro Pesquisa em História será “(Re)pensar o lugar do historiador” - os desafios e perspectivas do mercado de trabalho, as formas de diálogos instituídas com a sociedade e as dificuldades para ser um pesquisador. Nesta perspectiva serão feitas reflexões também sobre os lugares do ensino, da cultura e, sobretudo, da História local e regional. O objetivo geral é refletir sobre os caminhos tomados pelo profissional da História nos séculos XX e XXI, como a momento atual (nacional e internacional) tem interferido no "métier" do historiador e discutir perspectivas para o campo da História. A partir de palestras, mesas-redondas, apresentações e publicações de trabalhos serão (re)pensadas uma miríade de temas que considerarão como foco central a prática de pesquisa do historiadores. As dificuldades e conquistas das mulheres, negras e historiadoras, a experiência e a longa carreira do historiador da universidade pública e privada, as perspectivas dos novos mestres e doutores em História serão temas avaliados e interpretados ao longo do evento.

Período

De 26 a 29/Novembro/2019

* Data limite para inscrições: 20/11/2019


Programação


ESPETÁCULO: FRAGMENTOS NEGROS
Com: Jussara Aparecida Vicente e Larissa Alves Jardim – Graduandas em Teatro
Horário: Das 19h15 às 19h30
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196 

MESA REDONDA: MULHERES, NEGRAS E PESQUISADORAS
Palestrantes: M.ª Sebastiana de Fátima Gomes – Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Docência para a Educação Básica (UNESP - Bauru) onde participa do Grupo de Pesquisa em Educação, Cultura e Ideologia na Zona Básica da Educação Urbana e Rural (GEPERU) - Unesp/. Possui especialização em Gestão ambiental pela Faculdade de Agudos (FAAG)Possui graduação em Geografia pela Universidade do Sagrado Coração (1990) e Pedagogia pela Universidade do Sagrado Coração (1998). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino e Aprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas: educação ? geografia, educação e educação étnico-racial. Atualmente é professora efetiva de Geografia da Secretaria Estadual de Educação de SP. Eficaz professora do School Treble - FAAG onde leciona História/Geografia na Educação Básica e Metodologia de Ensino em História e Geografia no curso de Pedagogia. Professora efetiva de geografia do Centro Educacional de Bauru - Rembrandt COC. É autora da disciplina de Geografia do material Inovar do projeto Brasil- Angola. Pesquisa, elabora e desenvolve projetos didáticos para implementação da Lei 10.639/03
M.ª Meiriane Jordão da Silva – Mestra em Mídia e Tecnologia,FAAC, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho" - UNESP(2017),Professora Bolsista na Unesp- Universidade Júlio de Mesquita Filho,Campus de Bauru,atualmente desde 2018 (lecionando as disciplinas de Antropologia da Educação Física, Sociologia da Arte , Ciências Sociais Aplicadas às Artes,Antropologia cultural ), pesquisadora em Economia Criativa no Núcleo de Pesquisa e Observação em Economia Criativa, NeoCriativa.(UNESP)(2017),pesquisadora em Núcleo Negro Unesp para Pesquisa e Extensão(NUPE),2017.Possui graduação em História pela Universidade do Sagrado Coração (2012). Tem experiência na área de História, com ênfase em História.Especialista em Antropologia Cultural pela Universidade do Sagrado Coração (2016)
Dra. Carla Lisboa Porto – Doutora em História Social (bolsista FAPESP) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP/Assis (2017), licenciada em História, pela Universidade do Sagrado Coração - USC (2012), Mestre em História Social (bolsista CAPES), pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/Assis (2008) e graduada em Comunicação Social (habilitação em Jornalismo), pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero (2002). É integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares sobre Cultura, Política e Sociabilidade, com certificação do CNPq desde março de 2005, cujos membros são pesquisadores credenciados pelo Programa de Pós-Graduação do Departamento de História da UNESP, Campus de Assis. Desenvolve pesquisas em História do Brasil, no período Republicano, sobre os seguintes temas: História Oral (e outras modalidades de escritas de si); Identidade e Questões de Gênero; Locais e redes de Sociabilidade; Memória; Museologia e Patrimônio Museológico; Música e cultura popular. Atualmente é professora convidada do programa de pós-graduação (latu sensu) História, Cultura e Poder, onde ministra a disciplina África e História afro-brasileira, na Universidade do Sagrado Coração (USC), na cidade de Bauru (SP).
Horário: Das 19h30 às 22h
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196


MINICURSO: HISTÓRIA ORAL
Ministrante: Dra. Carla Lisboa Porto – Doutora em História Social (bolsista FAPESP) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP/Assis (2017), licenciada em História, pela Universidade do Sagrado Coração - USC (2012), Mestre em História Social (bolsista CAPES), pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/Assis (2008) e graduada em Comunicação Social (habilitação em Jornalismo), pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero (2002). É integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares sobre Cultura, Política e Sociabilidade, com certificação do CNPq desde março de 2005, cujos membros são pesquisadores credenciados pelo Programa de Pós-Graduação do Departamento de História da UNESP, Campus de Assis. Desenvolve pesquisas em História do Brasil, no período Republicano, sobre os seguintes temas: História Oral (e outras modalidades de escritas de si); Identidade e Questões de Gênero; Locais e redes de Sociabilidade; Memória; Museologia e Patrimônio Museológico; Música e cultura popular. Atualmente é professora convidada do programa de pós-graduação (latu sensu) História, Cultura e Poder, onde ministra a disciplina África e História afro-brasileira, na Universidade do Sagrado Coração (USC), na cidade de Bauru (SP). 
Horário: das 16h às 18h
Local: Sala de aula (com ar condicionado)
Vagas: 60

SOLENIDADE: PRÊMIO JOVEM HISTORIADOR
Palestrante: Dr. Roger Marcelo Martins Gomes – Doutor em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2018), mestrado em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2005) e graduado em História pela Universidade do Sagrado Coração Bauru. Atualmente é coordenador e professor do curso de Licenciatura em História na Universidade do Sagrado Coração em Bauru e professor no Ensino Médio. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea. Atuando principalmente nos seguintes temas: História dos periódicos científicos, História da Psicanálise, História das Ciências e História da Educação. Desenvolve pesquisa sobre a imprensa durante as décadas de 60, 70 e 80 do Século XX. É membro da Associação Nacional dos Professores de História (ANPUH) e da Sociedade Brasileira de História da Ciência (SBHC)
Horário: das 18h45 às 19h45
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196

APRESENTAÇÕES ORAIS: SIMPÓSIOS TEMÁTICOS
Palestrantes: Dr. Leonardo Dallacqua de Carvalho – Doutor em História pela Casa de Oswaldo Cruz/FIOCRUZ-RJ (2019) e bolsista FIOCRUZ. Mestre em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2014) e bolsista FAPESP. Graduado em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2010) e bolsista FAPESP. Atualmente é professor no Programa de Pós-Graduação em História (lato sensu) na Universidade do Sagrado Coração (USC-Bauru), ministrando, entre outras, a disciplina "Raça, Ciências e Intelectuais no Brasil" . É também professor substituto no Instituto Federal do Piauí, campus de Teresina, Zona Sul. Atuou como professor substituto, conferencista e convidado pela Universidade Estadual Paulista, Assis-SP (2017, 2015 e 2013). Coordenador do Laboratório de Estudos em História da Saúde e das Doenças - LHSD, na Universidade Estadual do Piauí - Campo Maior. Tem experiência na área de História, com ênfase em História das Ciências e da Saúde e História Intelectual. Trabalha com temas relacionados à saúde pública, saneamento, eugenia, história intelectual,integralismo, questões relacionadas à raça e interpretação da Nação. Contato e-mail: leo.historiafiocruz@gmail.com
Dr. Roger Marcelo Martins Gomes – Doutor em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2018), mestrado em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2005) e graduado em História pela Universidade do Sagrado Coração Bauru. Atualmente é coordenador e professor do curso de Licenciatura em História na Universidade do Sagrado Coração em Bauru e professor no Ensino Médio. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea. Atuando principalmente nos seguintes temas: História dos periódicos científicos, História da Psicanálise, História das Ciências e História da Educação. Desenvolve pesquisa sobre a imprensa durante as décadas de 60, 70 e 80 do Século XX. É membro da Associação Nacional dos Professores de História (ANPUH) e da Sociedade Brasileira de História da Ciência (SBHC)
Dra. Lourdes M. G. C. Feitosa – Possui Graduação em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Mestrado em História e Sociedade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Doutorado em História Cultural pela Universidade Estadual de Campinas e Pós-Doutorado em História e Cinema pela Unesp/Bauru. É pesquisadora associada da Universidade Federal de São Paulo (Antiguidade e Modernidade); colaboradora da Universidade Estadual de Campinas (Laboratório de Arqueologia Pública e Centro do pensamento Antigo); professora/pesquisadora Adjunto II da Universidade do Sagrado Coração (USC); professora do Programa de Mestrado em Educação Sexual da Unesp/Araraquara e Coordenadora do curso de Especialização em História, Cultura e Poder da Universidade do Sagrado Coração. Líder do Grupo de Pesquisa "Gênero, sexualidade e sociedades" em parceria com Maria Ivone Marchi-Costa, e membro do Grupo "Antiguidade e Modernidade: História Antiga e Usos do Passado", da Unifesp, ambos cadastrados no CNPq. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC) e da Associação nacional dos Professores de História (ANPUH). Tem experiência na área de História, com ênfase em Relações de Gênero, Cultura Popular e leituras contemporâneas sobre a Antiguidade, atuando principalmente nos seguintes temas: gênero, amor e sexualidade, grafites, literatura, teoria da História e educação
Dra. Flávia Santos Arielo – Doutora em Ciência da Religião pela Pontifícia Universidade Católica - PUC - SP, desenvolveu pesquisa acerca do conceito de beleza e sua relação com o sagrado a partir do pensamento de Roger Scruton. Defendeu mestrado pela mesma instituição, a partir da temática do problema do mal no cinema de Lars von Trier. Possui graduação em História pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e especialização em História da Arte, pela mesma instituição. Tem experiência na área de História e História da Arte, com ênfase em Cinema e Religião. Atualmente, leciona a disciplina de Ética e Cultura Religiosa, dentre outras, na Universidade do Sagrado Coração (USC). Participa como pesquisadora do grupo de pesquisa Labô - Laboratório de Política, Comportamento e Mídia, sob coordenação do Prof. Dr. Luiz Felipe Pondé.
M.e Fabio Paride Pallotta – Possui graduação em História pela Universidade do Sagrado Coração (1989) e graduação em Direito - Instituição Toledo de Ensino (1982). É especialista em Educação Escolar pela FAAP-INTEGRALE(maio de 2003-abril de 2005) e mestre em História Cultural na UNESP/Assis (2005-2008). Foi presidente da Associação dos Amigos dos Museus de Bauru e atualmente ocupa o cargo de Vice-Presidente. Foi membro do CODEPACBauru, orgão de preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade de Bauru, Estado de São Paulo. É professor do curso de História da Universidade Sagrado Coração (USC), Bauru-SP. Estuda o Patrimônio Arqueológico Industrial na sua modalidade ferroviária, em especial o Patrimônio Ferroviário da cidade de Bauru - Estado de São Paulo
Dra. Ketilin Mayra Pedro – Pós-doutora pela Universidade Estadual Paulista - Campus de Bauru. Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Campus Marília com doutorado sanduíche na Universidade de Barcelona / Espanha. Mestre em Educação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Campus Marília. Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Campus Bauru. Atualmente é Diretora e Docente do Centro de Ciências Humanas da Universidade do Sagrado Coração - Bauru. Coordenadora Institucional do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) da Universidade do Sagrado Coração - Bauru. Desenvolve pesquisas científicas na área da Educação Especial, Altas Habilidades/Superdotação e Tecnologia aplicada à Educação
Dra. Carla Lisboa Porto – Doutora em História Social (bolsista FAPESP) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP/Assis (2017), licenciada em História, pela Universidade do Sagrado Coração - USC (2012), Mestre em História Social (bolsista CAPES), pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/Assis (2008) e graduada em Comunicação Social (habilitação em Jornalismo), pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero (2002). É integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares sobre Cultura, Política e Sociabilidade, com certificação do CNPq desde março de 2005, cujos membros são pesquisadores credenciados pelo Programa de Pós-Graduação do Departamento de História da UNESP, Campus de Assis. Desenvolve pesquisas em História do Brasil, no período Republicano, sobre os seguintes temas: História Oral (e outras modalidades de escritas de si); Identidade e Questões de Gênero; Locais e redes de Sociabilidade; Memória; Museologia e Patrimônio Museológico; Música e cultura popular. Atualmente é professora convidada do programa de pós-graduação (latu sensu) História, Cultura e Poder, onde ministra a disciplina África e História afro-brasileira, na Universidade do Sagrado Coração (USC), na cidade de Bauru (SP).
Horário: das 20h às 22h15
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196


MESA REDONDA: (RE)PENSAR O PAPEL DO HISTORIADOR NA HISTÓRIA LOCAL
Palestrantes: Dr. Edson Fernandes – Possui graduação em Estudos Sociais pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Bebedouro (1984), graduação em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Botucatu (1989), graduação em História pela Universidade do Sagrado Coração (1986), mestrado em Economia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Araraquara (2003) e doutorado em História Social pela mesma universidade, campus de Franca (2008). Tem experiência na área de História, com ênfase em Demografia Histórica e História da Educação.
Luís Paulo Cesari Domingues – Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo pela UNESP (2004) e habilitação em Rádio e TV pela Fundação Armando Alvares Penteado FAAP (1998). Iniciou o curso de História na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e participou, como aluno especial, do curso de pós graduação em Comunicação Midiática da UNESP. Foi colunista do jornal Bom Dia e do Jornal da Cidade, jornalista responsável e editor da Folha do Educador e do jornal A Tribuna de Bauru, redator da revista Ambiental Brasil, redator e editor do Caderno NAU, periódico independente de cultura. Trabalhou como coordenador cultural e professor de História do Século XX no D?Incao Instituto de Ensino, como professor de Atualidades do Colégio Interativo, no Curso de Redação do Professor Roberto Magalhães e no Colégio Educare, em Piratininga. É autor dos livros Absurdos Plausíveis, As aventuras dos condenados no país vertiginoso e Boca do Sertão ? a História de Piratininga na Marcha do Café, este realizado pelo PROAC ICMS. É idealizador de outros projetos de resgate do patrimônio cultural e da história do município de Piratininga. Escreveu para a revista ?Caros Amigos? o caderno especial sobre educação no Brasil, publicado em outubro de 2015. Foi redator de projeto na área de memória do Instituto Museu da Pessoa em 2015. Desde 2011 desenvolve projetos na Universo Elegante Produção Cultural, e desde 2013 integra a equipe de monitoria pedagógica em História do Museu do Café da Fazenda São João - em Piratininga. É músico e compositor da banda bauruense Universo Elegante, com a qual lançou os álbuns Era dos Extremos (2012), Mar Vermelho (2013) e Museu do Café (2016); também foi responsável pela autoria das músicas da banda Norman Bates e os Corações Alados, publicadas nos álbuns O Rock?n Roll Destruiu a Minha Vida (2006), Ao Vivo no Psicodália (2007) e Eu te amo muito, mas é mentira (2008).
Horário: Das 16h às 18h
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196

DIVULGAÇÃO: LANÇAMENTO DE LIVROS
Palestrantes: Dr. Leonardo Dallacqua de Carvalho – Doutor em História pela Casa de Oswaldo Cruz/FIOCRUZ-RJ (2019) e bolsista FIOCRUZ. Mestre em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2014) e bolsista FAPESP. Graduado em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2010) e bolsista FAPESP. Atualmente é professor no Programa de Pós-Graduação em História (lato sensu) na Universidade do Sagrado Coração (USC-Bauru), ministrando, entre outras, a disciplina "Raça, Ciências e Intelectuais no Brasil" . É também professor substituto no Instituto Federal do Piauí, campus de Teresina, Zona Sul. Atuou como professor substituto, conferencista e convidado pela Universidade Estadual Paulista, Assis-SP (2017, 2015 e 2013). Coordenador do Laboratório de Estudos em História da Saúde e das Doenças - LHSD, na Universidade Estadual do Piauí - Campo Maior. Tem experiência na área de História, com ênfase em História das Ciências e da Saúde e História Intelectual. Trabalha com temas relacionados à saúde pública, saneamento, eugenia, história intelectual,integralismo, questões relacionadas à raça e interpretação da Nação. Contato e-mail: leo.historiafiocruz@gmail.com
Dr. Roger Marcelo Martins Gomes – Doutor em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2018), mestrado em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2005) e graduado em História pela Universidade do Sagrado Coração Bauru. Atualmente é coordenador e professor do curso de Licenciatura em História na Universidade do Sagrado Coração em Bauru e professor no Ensino Médio. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea. Atuando principalmente nos seguintes temas: História dos periódicos científicos, História da Psicanálise, História das Ciências e História da Educação. Desenvolve pesquisa sobre a imprensa durante as décadas de 60, 70 e 80 do Século XX. É membro da Associação Nacional dos Professores de História (ANPUH) e da Sociedade Brasileira de História da Ciência (SBHC)
Horário: Das 18h30 às 19h30
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196

CONFERÊNCIA: (RE)PENSAR O LUGAR DO HISTORIADOR
Palestrante – Dr. Pedro Paulo Funari – bacharel em História (1981), mestre em Antropologia Social (1986), doutor em Arqueologia (1990), pela USP, livre-docente em História (1996) e Professor Titular (2004 Unicamp). Professor de programas de pós da UNICAMP, Distinguished Lecturer University of Stanford, Research Associate - Illinois State University, Universidad de Barcelona, Université Laval (Canadá), líder de grupo de pesquisa do CNPq, assessor científico da FAPESP, orientador em Stanford e Binghamton, colaborador da UFPR, UFPel, docente da UNESP (1986-1992) e professor de pós das Universidades do Algarve (Portugal), Nacional de Catamarca, del Centro de la Provincia de Buenos Aires, UFRJ, UERJ Supervisionou 17 pós-doutoramentos, 38 doutoramentos, 43 mestrados, hoje destacados pesquisadores e líderes em instituições de prestígio (London School of Economics, Université de Mulhouse, Universidad del Norte (Barranquilla, Colômbia), UNICAMP, USP, UNESP, UFF, UFMG, UFPR, UFRJ, MASJ, UEL, UFPel, UCS, UEMG, UEM, UMESP, Uniplac, PUCPR, FESB, UNIFAP, UFS, UNIP, Unifesp, U. Einstein de Limeira, UFG, UFBA, UNIFAL, UFMA, UFPA, UFOP, Museu Nacional - UFRJ, UEG, UFPE, UFMS, Museu da Bacia do Paraná, UFAL, Unip, F.I. Maria Imaculada, Museo Nacional de Colombia, Un. da Força Aérea, Un. Liège, Mackenzie . Na Unicamp, Coordenador do Núcleo de Estudos Estratégicos (2007/09) e do Nepam (2014/16), representante do IFCH na CADI (2005-2009) e dos titulares no DH (2015/6), membro da CAI/Consu (2009), Assessor do Gabinete do Reitor e Coordenador do Centro de Estudos Avançados da Unicamp (2009-2013), apresentador do programa da RTV Unicamp "Diálogo sem fronteira" (2011/6), com mais de 220 entrevistas. Participa do conselho editorial de mais de 50 revistas científicas estrangeiras e brasileiras. Publicou e organizou mais de 420 livros, reedições e capítulos nos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, Áustria, França, Holanda, Itália, Espanha, Argentina, Colômbia, Brasil, entre outros, assim como mais de 640 artigos, resenhas e notas em mais de 130 revistas científicas estrangeiras e brasileiras arbitradas, como Current Anthropology, Antiquity, Revue Archéologique, Journal of Social Archaeology, American Antiquity, American Journal of Archaeology, Dialogues d Histoire Ancienne, Bonner Jahrbücher. Foram publicadas mais de 70 resenhas de seus livros (> 30 delas em revistas estrangeiras). Projetos conjuntos com pesquisadores estrangeiros resultaram na visita de numerosos estudiosos, das principais instituições de pesquisa do mundo (Universidades de Londres, Paris, Saint Andrews, Boston, Southampton, Durham, Illinois, Barcelona, Havana, Buenos Aires, Londres, CNRS). Membro dos conselhos de Encyclopaedia of Historical Archaeology, Oxford Encyclopaedia of Archaeology e Encyclopaedia of Archaeology (Academic Press). Participou de mais de 400 eventos e organizou mais de 115 reuniões científicas. Foi Secretary, World Archaeological Congress (2002-2003), membro permanente do conselho da Union Internationale des Sciences Préhistoriques e Protohistoriques (UISPP) e sócio da ANPUH, ABA, SAB, SBPH, SHA, SAA, WAC, ABIB, AAA, Roman Society, académico estranjero de la Academia de Historia de Cuba desde 2013. Líder de Grupo de Pesquisa do CNPq, sediado na Unicamp e vice-líder de dois outros. Editor de coleção de livros com 33 volumes, com apoio acadêmico da FAPESP, CNPq, CAPES, FAPEMIG e UNICAMP. Co-editor da Coleção Historical Archaeology in South America (University of Alabama Press). Tem experiência na área de História e Arqueologia, ênfase em História Antiga e Arqueologia Histórica, além de Latim, Grego, Cultura Judaica, Cristianismo, Religiosidades, Ambiente e Sociedade, Estudos Estratégicos, Turismo, Patrimônio, Relações de Gênero, Estudos Avançados. Google Scholar 7083 citações, índice H = 41 e i10 = 134, total de auxílio e bolsas FAPESP: 117 (61 auxílios e 56 bolsas), academia.edu: > 10960 seguidores e > 457500 consultas, author rank 28.4 2444 public mentions, RG score 28.14, H = 12.
Horário: Das 19h30 às 20h45
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196

CONFERÊNCIA: (RE)PENSAR O LUGAR DO HISTORIADOR NA EDUCAÇÃO
Palestrante: Dra. Raquel dos Santos Funari – licenciada em História pela Faculdade de Filosofia de Belo Horizonte (1986), mestre (2004) e doutora (2008) em História também pela Unicamp, em curso de excelência. Atualmente é líder do Grupo de Pesquisa do CNPq, cadastrado na Unicamp, sobre Ensino de História, pós-doutoranda no Departamento de História da UFPR (2017/19), sob supervisão da Profa;. Dra. Renata Senna Garraffoni e professora do Colégio Santo Américo, Na Graduação em História da Unicamp ministrou Discplina Tópica, Estudos Dirigidos e Monografias em Licenciatura, com um total de 20 disciplinas entre 2009 e 2019. Supervisora da Educação Infantil do Ensino Fundamental e Médio e professora de disciplina de graduação da Unicamp (2010). Autora de diversos livros e artigos científicos, consultora pedagógica em vários projetos e instituições. Em 2007, passou a atuar como Assessora de História da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, no Programa São Paulo faz Escola. Foi consultora de História do LED (Laboratório Educativo do Hopi Hari). Tem experiência na área de História, com ênfase em História Cultural, atuando principalmente no estudo do ensino de História. Proficiente, pelo Centro de Estudo de Línguas da Unicamp, em inglês e italiano. Autora de 40 livros, dentre os quais: "O Príncipe do Egito", um filme e suas leituras na sala de aula (com apoio do programa de pósgraduação em História da Unicamp, "O Egito dos Faraós e Sacerdotes", "Imagens do Egito antigo: um estudo das representações históricas", "Caderno do Professor, História" (SEE/SP 2008). Autora da coleção didática "Aprender Juntos - História - Editora SM" aprovado no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) de 2012 e 2019. Foi professora da Rede São Paulo de Formação Docente (REDEFOR) na equipe de História da Unicamp. Publicou diversos livros, 23 artigos em revistas arbitradas e 10 capítulos no Brasil e no estrangeiro. Atua em grupos de pesquisa cadastrados no CNPq, como "História da Egiptomania no Brasil", liderado pela Profa. Dra. Margaret Bakos (PUCRS), assim como em grupos sediados na UNIFESP (Antiguidade e Modernidade: História Antiga e usos do Passado) e na UNICAMP. Cadastrada no Academia.edu, segue 191, é seguida por 391, com 7700 consultas, 98 menções e índice 12.6.
Horário: Das 20h45 às 22h
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196


MINICURSO: HQ E HISTÓRIA
Palestrante: Dr. Leonardo Dallacqua de Carvalho – Doutor em História pela Casa de Oswaldo Cruz/FIOCRUZ-RJ (2019) e bolsista FIOCRUZ. Mestre em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2014) e bolsista FAPESP. Graduado em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2010) e bolsista FAPESP. Atualmente é professor no Programa de Pós-Graduação em História (lato sensu) na Universidade do Sagrado Coração (USC-Bauru), ministrando, entre outras, a disciplina "Raça, Ciências e Intelectuais no Brasil" . É também professor substituto no Instituto Federal do Piauí, campus de Teresina, Zona Sul. Atuou como professor substituto, conferencista e convidado pela Universidade Estadual Paulista, Assis-SP (2017, 2015 e 2013). Coordenador do Laboratório de Estudos em História da Saúde e das Doenças - LHSD, na Universidade Estadual do Piauí - Campo Maior. Tem experiência na área de História, com ênfase em História das Ciências e da Saúde e História Intelectual. Trabalha com temas relacionados à saúde pública, saneamento, eugenia, história intelectual,integralismo, questões relacionadas à raça e interpretação da Nação. Contato e-mail: leo.historiafiocruz@gmail.com
Horário: Das 16h às 18h
Local: Sala de Aula (com ar condicionado)
Vagas: 60

PALESTRA: ENTRE O ESTETOSCÓPIO, A GAVETA E O SIGMA: O ACERVO E A TRAJETÓRIA DO MÉDICO BELISÁRIO PENNA
Palestrante: Dr. Leonardo Dallacqua de Carvalho – Doutor em História pela Casa de Oswaldo Cruz/FIOCRUZ-RJ (2019) e bolsista FIOCRUZ. Mestre em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2014) e bolsista FAPESP. Graduado em História pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis (2010) e bolsista FAPESP. Atualmente é professor no Programa de Pós-Graduação em História (lato sensu) na Universidade do Sagrado Coração (USC-Bauru), ministrando, entre outras, a disciplina "Raça, Ciências e Intelectuais no Brasil" . É também professor substituto no Instituto Federal do Piauí, campus de Teresina, Zona Sul. Atuou como professor substituto, conferencista e convidado pela Universidade Estadual Paulista, Assis-SP (2017, 2015 e 2013). Coordenador do Laboratório de Estudos em História da Saúde e das Doenças - LHSD, na Universidade Estadual do Piauí - Campo Maior. Tem experiência na área de História, com ênfase em História das Ciências e da Saúde e História Intelectual. Trabalha com temas relacionados à saúde pública, saneamento, eugenia, história intelectual,integralismo, questões relacionadas à raça e interpretação da Nação. Contato e-mail: leo.historiafiocruz@gmail.com
Horário: Das 19h30 às 21h30
Local: Anfiteatro E-001
Vagas: 196

Apresentação de Trabalhos

I. Informações do trabalho

1. Data limite para submissão: 16/11/2019
2. Título
3. Área (áreas que se designa o trabalho):

• Iniciação Científica: PIBIC e PIBIC-EM
• Pesquisa e Docência: PIBID e Residência Pedagógica
• Imprensa, Ciências e Contemporaneidade
• Antiguidade e Medievo
• Patrimônio Cultural e História Digital
• História, Religião e Cultura
• História, Cultura e Poder

4. Nome do autor: Limite de 2 trabalho(s) por autor
5. Coautores: Não há limite de coautores para o trabalho
6. Resumo
7. Palavras Chave
8. Categorias:

• Apresentação Oral e Caderno de Resumos

9. Anexo(obrigatório): Seminário Temático

Formatos aceitos: .doc

10. E-mail que receberá os aviso de submissão de trabalhos: roger.gomes@usc.br 


Investimento

Categoria Valor
Alunos UNISAGRADO R$ 45,00
Alunos externos R$ 50,00
Egressos R$ 45,00
Alunos UNISAGRADO / Minicursos R$ 10,00
Alunos externos / Minicursos R$ 10,00
Egressos / Minicursos R$ 10,00
* Professores e funcionários do UNISAGRADO, entrar em contato com a Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária.

Contato

Dr. Roger Marcelo Martins Gomes
E-mail: roger.gomes@usc.br

Mais informações

Coordenadoria Geral de Extensão
Fone: (14) 2107-7324 / 7398
E-mail: extensao@usc.br 



Link deste artigo: https://unisagrado.edu.br/7-encontro-pesquisa-em-historia



Receba nossas notícias
UNISAGRADO

(14) 2107-7000
(14) 99825-8771

© 2019 | UNISAGRADO. Todos os direitos reservados.

Site Seguro